Aconteceu na quinta-feira, 28/03, a primeira Reunião de Análise Estratégica – RAE de 2019. Presidida pelo presidente do TJRN, o desembargador João Batista Rodrigues Rebouças, a RAE teve como pauta a apresentação da Secretária de Gestão Estratégica, Maristela Freire, do diagnóstico parcial das Secretarias Unificadas de Mossoró e dos indicadores administrativos do Plano Estratégico do Tribunal.

Participando do comitê gestor da RAE estavam João Batista Rodrigues Rebouças, Presidente do Tribunal de Justiça e do comitê, Cristina Leandro Azevedo Silva, representando a ESMARN, Geraldo Antônio da Mota, juiz auxiliar da Presidência, José Herval Sampaio Junior, representando a AMARN, Karine Symonir de Brito Pessoa, representando a Corregedoria, Lindolfo Neto de Oliveira Sales, Secretário Geral, e Maristela Rodrigues de Queiroz Freire, Secretária de Gestão Estratégica.

Os juízes auxiliares da presidência, secretários  de Tecnologia da Informação,  de Administração, da Secretaria Judiciária e de Orçamento e Finanças também participaram da reunião, junto a outros servidores do Tribunal.

A RAE iniciou com a explanação do diagnóstico das Secretarias Unificadas de Mossoró, quando foram apresentados dados estatísticos, aspectos positivos e necessidades, como por exemplo a solicitação das unidades por treinamento no sistema PJe. Em seguida foram apresentados os indicadores administrativos, sobre os quais restaram deliberadas providências para a melhoria da execução estratégica do orçamento, finalizando com alguns informes relacionados a ferramenta GPS-Jus e CNJ.

Questionada sobre o sistema, Maristela Freire explicou aos presentes o procedimento para a extração dos dados estatísticos e a importância do uso adequado das tabelas processuais unificadas por parte das serventias para que o dado mostrado na ferramenta esteja condizente com a realidade.